open design store

OPEN Design Store apresenta catálogo com coleção exclusiva para assinantes

A OPEN Design Store apresenta nesta sexta-feira, dia 07 de agosto, catálogo virtual exclusivo para assinantes do marketplace com a Coleção Azulejos da marca de acessórios gaúcha Studio Ímã. O material será enviado, antes do início das vendas, a mais de mil pessoas que recebem a newsletter da feira para que eles possam conhecer as peças em primeira mão.

Na sexta-feira, às 19h, Camila Farina, curadora da OPEN, Mariana Giuliani e Júlia Endres, gestoras da marca Studio Imã, participam de uma live no perfil @open_feiradedesign no Instagram, falando sobre a coleção, os materiais utilizados e a inspiração para sua construção. São dez peças com tiragem limitada que serão vendidas somente na OPEN Design Store.

A nova coleção de acessórios da Studio Ímã é feita de azulejos descartados e couro excedente da indústria calçadista. Será um nova linha que andará em paralelo aos acessórios de polímero, já fabricados pela marca. O objetivo é levar cores, design e belas formas para o dia a dia das pessoas. Os acessórios tem a função de alegrar os dias mais comuns. Seja no trabalho, fazendo o jantar, durante uma videoconferência ou numa festa.

“Nossa marca busca a desconstrução, a assimetria e a combinação de cores não óbvias. Fomos influenciadas pelo kintsugi, uma técnica oriental para reparar cerâmica quebrada. Artesãos encaixam e unem os fragmentos da cerâmica com um verniz polvilhado com ouro. O resultado valoriza o desgaste que o tempo provoca sobre as coisas físicas, aceita e exalta a beleza da imperfeição. Essa técnica se transformou numa metáfora da importância da resistência frente às adversidades. Nada mais apropriado para o momento. É nesse sentido que seguimos e criamos.”, conta Mariana Giuliani, do Studio Ímã.

SOBRE A OPEN FEIRA DE DESIGN

A OPEN Feira de Design nasceu em 2015, quando Camila Farina, professora de cursos de Design em Porto Alegre e diretora da Agência Cultural Maria Cultura, decidiu usar seu networking para reunir o melhor do design local e regional (hoje também recebendo marcas nacionais em algumas edições). Sua ideia nasceu das viagens de estudos com os alunos a Buenos Aires, onde as feiras de design acontecem em cada esquina. O conceito “design independente” foi usado, desde então, para dar conta dessa produção não industrial de peças nas seguintes áreas: moda, mobiliário, decoração, brinquedos, utilitários em geral.

A OPEN se destaca pela curadoria afinada de marcas expositoras com foco no designer independente e no incentivo a esse pequeno empresário, que junto da feira, trilha seu caminho para o desenvolvimento e crescimento. Pensar na OPEN é considerar conceitos como produção local, empreendedorismo criativo, design autoral e responsabilidade social e ecológica. A feira movimenta de 30 a 140  empreendedores locais por edição e proporciona um ambiente de convívio e lazer aos seus visitantes, sempre oferecendo conteúdos relevantes em oficinas, palestras, conferências e atividades para adultos e crianças. A proposta da feira é ser uma alternativa aos shoppings e lojas tradicionais, proporcionando contato com produtos de alta qualidade, produzidos no Brasil por pequenos empreendedores, buscando estimular e incentivar o consumo consciente e com contato direto com os designers e criadores.

A OPEN traz em suas feiras um olhar sobre o design nacional através dos eventos e negócios da marca: Salone Review 2019, OPEN Tools, OPEN Select, OPEN Pop e OPEN Especial. Em função da Pandemia do COVID-19 e da consequente crise econômica que afetou diretamente o evento e seus expositores, a feira apostou em uma versão online configurada em um marketplace: a OPEN Design Store (opendesignstore.com.br). Nesse modelo, a feira já recebeu mais de trinta marcas e pretende chegar a aproximadamente 100 até o final do ano.

Quem escreve por aqui é Vanessa Vargas, Relações Públicas, empreendedora e mãe do Antônio.

Deixe uma Resposta