ELLE

Destaque em sua volta, ELLE Brasil traz ensaio com 20 fotógrafos

182 visualizações

ELLE, referência entre as publicações de moda no mundo, está de volta ao Brasil. Em meio a maior pandemia do século, um dos conteúdos de destaque é o ensaio com 20 fotógrafos que registraram suas companhias de quarentena. Participam: Bob Wolfenson, Bruna Castanheira, Nicole Heiniger, Paulo Vainer, Henrique Gendre, Marina Benzaquem, Wallace Domingues, Gleeson Paulino, Debby Gram, Rafael Barion, Vivi Bacco, Luiza Ananias, Pedro Pinho, Leo Faria, Marvin, Carine Wallauer, Thaís Vandanezi e Takeuchis.

De acordo com Susana Barbosa, diretora editorial de ELLE Brasil, "mais do que nunca o momento exige que as publicações de moda sejam sensíveis ao que está acontecendo no mundo. Por essa razão, convidamos 20 fotógrafos de moda para retratar as pessoas com quem estão dividindo sua quarentena. O resultado são imagens fortes e ao mesmo tempo poéticas e muito íntimas, sem ostentação alguma, como pede o momento". As roupas utilizadas nos ensaios são de estilistas brasileiros consagrados como Reinaldo Lourenço e Gloria Coelho, e também da nova geração, Neriage, Aluf e Piet.

Além disso, um editorial de moda estrelado por pessoas comuns que se inscreveram na #olhaelle foi clicado à distância pelo fotógrafo Gleeson Paulino. São 16 pessoas de regiões diferentes do Brasil, com estilos e realidades diversas, fotografadas em suas casas. A iniciativa do open casting surgiu em março, quando a ELLE comunicou em suas redes sociais que seria relançada. "Nada mais natural do que colocar no centro de tudo os nossos leitores, que sempre foram apaixonados pela marca e que ficaram órfãos quando ela foi encerrada", diz Susana.

O fotógrafo Bob Wolfenson é também o protagonista de uma das principais entrevistas da estreia, que traz uma reflexão sobre o momento atual. "Como disse o Pondé [filósofo], já houve inúmeras pandemias e o ser humano é o ser humano. Então, não acredito numa purificação da quarentena que todo mundo está preconizando. Mas tem uma parte da sociedade que está se mobilizando, que era isenta à vida dos outros", conta o fotógrafo à equipe de ELLE.

Outra entrevista é com o escritor português Valter Hugo Mãe, que traz sua visão do cenário brasileiro durante a pandemia, além de críticas ao governo atual: "Estes ciclos, grotescos, passam, sim. A paz que existia também não era sinônimo de saúde. O capitalismo desregrado estava lentamente a polarizar uns e outros."

ELLE Foto: Nicole Heiniger

Foto: Nicole Heiniger

O projeto da nova ELLE Brasil está sob a liderança de Susana Barbosa (diretora editorial), Paula Mageste (publisher) e Virginia Any (diretora comercial), trio veterano da primeira fase da publicação no mercado brasileiro. A marca renasce nesta segunda-feira (25) no site com reportagens abertas e redes sociais. Ainda terá revista digital mensal, exclusiva para assinantes, com lançamento na segunda quinzena de junho, podcast e revista trimestral impressa que trará um conteúdo ainda mais analítico e atemporal.

Sobre a ELLE Brasil
Fundada na França, em 1945, pelo Grupo Lagardère, e lançada no Brasil em 1988, ELLE Brasil é publicada pelo Grupo Papaki, um dos mais importantes do audiovisual brasileiro. Com um site aberto, uma revista digital mensal exclusiva para assinantes e um impresso premium, publicado quatro vezes por ano, a marca retoma sua produção no país em 2020. Sob comando de Susana Barbosa, diretora editorial, Paula Mageste, publisher, e Virginia Any, diretora comercial, ELLE volta ao mercado falando de moda, beleza e lifestyle de um jeito contemporâneo, inclusivo, que dialoga com o espírito do tempo e reflete as questões e transformações da sociedade.

0 visualizações

Quem escreve por aqui é Vanessa Vargas, Relações Públicas, empreendedora e mãe do Antônio.

Deixe uma Resposta