Intercâmbio África do Sul

Escrevi sobre minha viagem para África do Sul tempos atrás, mas como o post sobre os sete dias que passei em Buenos Aires é sempre um dos mais lido por aqui acredito que vocês possam gostar de saber como aproveitei um mês na África.

Fiz intercâmbio com um grupo do Yázigi Travel, foram 15 dias em Durban, cidade localizada na província de Kwazulu-Natal, na costa do Oceano Índico, terceira maior cidade da África do Sul e maior cidade indiana fora da Índia. Os outros 15 dias fiquei em Cape Town, uma das três capitais do país. Tinha aulas de inglês pela manhã e o restante do dia livre.

Durban

Em Durban, nossa escola ficava na Florida Road. A rua é conhecida pelos diversos bares, cafés e casas noturnas, ótima pedida para um passeio no final da tarde.

Para aproveitar o mar íamos para a frente do bar Joe Cools. Também nos divertimos muito no Ushaka Marine World, parque aquático que além das piscinas e tobogãs, tem um aquário e para os corajosos  mergulho com tubarões.

Valley of 1000 Hills - o Vale das 1000 Colinas fica há algumas horas de Durban e fomos até lá visitar uma aldeia Zulu. O vale é lindo, é impressionante estar num lugar tão diferente! As crianças nos ensinaram a dançar, conhecemos suas casas e comemos a comida típica com os dedos. Um dia de muitas surpresas.

Roma Revolving Restaurant, o restaurante giratório foi inaugurado 1973 e está situado no 32º andar, de lá você tem uma excelente vista de toda a cidade. Apesar de ser especializado em culinária italiana servem outros pratos como crocodilo, foi este prato que escolhi! Como não poderia deixar de ser fomos a um safari! Escolhemos os Hluhluwe-Umfolozi Game Reserve, indicado pela Escola. Pegamos uma van à noite, dormimos próximo ao local e lá pelas seis da manhã saímos para o parque. Vimos hipopótamos, elefantes, girafas, crocodilos, wild dogs, hienas, zebras e guepardos, chamados lá de chetaas.

Cape Town



A Cidade do Cabo é linda! Fiquei na LAL English School, a escola  é bem localizada, entre as praias e o centro da cidade. Fica no bairro Sea Point. São 5 minutos das praias de Clifton e Camps Bay, poucas quadras até o calçadão onde o pessoal pratica esportes e curte o por do sol, há vários restaurantes por perto e fácil  acesso ao V&A WaterFront e Table Mountain.

Ao chegar a Cape Town não tem como não querer sair correndo para a Table Mountain. Onde quer que você esteja a visão da montanha é maravilhosa! Reserve mais de um dia para fazer o passeio, pois pode chegar lá e o parque não estar aberto devido às condições climáticas. O primeiro dia que fui tive que dar meia volta. São 5 minutos de subida pelo Table Mountain Aerial Cableway ou para os aventureiros há trilhas.

Achei mais fácil (e mais barato) comprar o tíquete para dois dias no City Sightseeing , o ônibus dá a volta por toda a cidade e você pode subir e descer onde achar interessante. Dava para pegar no calçadão e descer na Table Mountain, por exemplo.

Outro ponto do bus era o Victoria & Alfred Waterfront ótimo para curtir um final de tarde, no local existem lojas, restaurantes, cafés, além da bela vista de barcos atracados. Outros locais para fazer compras são o shopping Canal Walk, o Access Park e o Greenmarket Square, no centro da cidade. O Access Park reúne lojas de descontos de marcas como Nike, Levi's, Reebook, Guess, entre outras. Já no Greenmarket tem todos os tipos de lembranças para trazer para casa. Não esqueça de pedir desconto, pois geralmente eles baixam a metade do primeiro valor cobrado.

Um dos lugares que mais gostei foi do Cape of the Good Hope (Cabo da Boa Esperança), eu estava bem curiosa pelo lugar, já que  estudamos sobre o grande número de embarcações que desapareciam no local na época do descobrimento. Enfim o lugar é lindo e no caminho passamos pela praia de Muizemberg, famosa pelo grande número de praticantes de surf, pela vila de pescadores Kalk Bay, e pela praia dos pinguins Boulders Beach.

Obs: Perdi a máquina fotográfica que tinha durante esta viagem 🙁 Então estas fotos não foram tiradas por mim. Vou tentar resgatar alguma que sobrou para colocar aqui.

Vanessa Vargas

Quem escreve por aqui é Vanessa Vargas, formada em Relações Públicas pela UFRGS, Técnica em Produção de Moda pelo SENAC e estudante de Jornalismo na PUC-RS. Divide seu tempo sendo mãe do Antônio e atuando como Analista de Marketing.