Feminismo, Moda, Dior e T-shirts

É muito bom quando uma grande empresa fala sobre causas que afetam o dia a dia das pessoas. Quando essa marca é a Dior e o assunto é feminismo é muito amor. Entre os 64 looks apresentados pela grife durante a última edição da Paris Fashion Week estava  uma camiseta dizendo We should all be feminists (todos devemos ser feministas). O desfile da coleção Verão 2017 apresentado no Museu Rodin, foi o primeiro assinado por Maria Grazia Chiuri, Diretora Artística das coleções de Alta Costura, de prêt-à-porter e dos acessórios femininos da Maison Dior. Detalhe, Maria também é a primeira mulher na direção criativa da marca.

Além do feminismo a coleção traz também inspiração na esgrima, neste esporte o uniforme masculino e feminino são idênticos. Sensacional para uma maison que dominou os anos 50 com o New Look, com cinturas marcadas, laços, rendas, vestidos e saias rodadas. A Dior não abandonou estes elementos, mas os trouxe modernizados. No site da marca Maria Grazia Chiuri fala do novo momento "Procuro estar sempre atenta ao mundo e criar uma moda compatível com as mulheres de hoje”.

Também quer estampar essa causa no peito e não gastar muito? Muitas marcas de camisetas nacionais já aderiram. A Heroicas tem muitas opções, entre elas uma com imagem de Simone de Beauvoir e a citação "Que nada nos defina. Que nada nos sujeite. Que a liberdade seja a nossa própria substância." A Pandora T-shirts tem o modelo que diz "Feminist: a person who believes in the social, political and economic equality of sexes", em português Feminista: uma pessoa que acredita na igualdade social, política e econômica entre os sexos. Tem também a 787 Shirts com o GRL Power. E aí, qual a sua preferida?

 

camisetas-feminismo

Vanessa Vargas

Quem escreve por aqui é Vanessa Vargas, formada em Relações Públicas pela UFRGS, Técnica em Produção de Moda pelo SENAC e estudante de Jornalismo na PUC-RS. Divide seu tempo sendo mãe do Antônio e atuando como Analista de Marketing.