Cinema de Wes Anderson inspira bar temático em Porto Alegre

Admirado por cinéfilos do mundo todo, Wes Anderson tem uma maneira muito particular de fazer filmes. O diretor norte-americano é conhecido pelo seu estilo excêntrico e supersimétrico, além do minimalismo bem humorado. A maneira como capta os planos, compõe as imagens, experimenta cenários ou veste os personagens o torna único. O Margot – novo espaço de entretenimento em Porto Alegre – chega para homenagear a obra incrível do cineasta.

Localizado na movimentada Rua João Alfredo, no bairro Cidade Baixa, o bar/club apresenta nome, decoração, comunicação visual e cardápio inspirados em personagens e obras de Wes Anderson, como Os Excêntricos Tenenbaums, A Vida Marinha com Steve Zissou, O Fantástico Sr. Raposo, Moonrise Kingdom e O Grande Hotel Budapeste.

A trilha sonora e as festas são embaladas por diferentes estilos musicais que se alternam conforme o dia da semana – Indie, Folk, Rock, Jazz, Groove, Blues, Música Brasileira e Latinidades fazem parte da playlist. A ideia é trazer atrações nacionais e internacionais, entre DJs e bandas, para agitar noites inesquecíveis no bar.

Assinado por Isadora Becker, do site Gastronomismo, o cardápio de pratos apresenta uma proposta de comida de bar diferente, com ingredientes selecionados. Haverá opções para compartilhar e jantar, além de sobremesas deliciosas. Entre as bebidas, estão criações preparadas com ingredientes artesanais, da barmaid Jey Silva (Sweet Drinks), além de drinks tradicionais com um toque especial.

Assinado pelo escritório 0E1, o projeto arquitetônico apresenta a ideia que os sócios queriam para o espaço: um bar que se transforma em casa noturna (ou uma casa noturna que inicia como bar), inspirado na estética do cineasta. O funcionamento da casa se dá de maneira simétrica, ao estilo de Wes: entra-se pelo centro, que funciona como um concierge, e encaminha-se para o ambiente que se busca - bar à esquerda, pista à direita.

O espaço transita entre referências a vários filmes de Wes Anderson; algumas bem literais como a barraca do personagem Richie Tenembaum e o vagão do Darjeeling Limited, enquanto outras são mais sutis, como a iluminação nas cores das caixas da confeitaria Mendls e o fundo do mar explorado em A Vida Marinha com Steve Zissou. A pista é uma grande imersão no filme Moonrise Kingdom, as cores e objetos remetem diretamente às aventuras do jovem casal, Sam e Suzy.

Margot
Rua João Alfredo, 577 – Cidade Baixa – Porto Alegre – RS
Bar - De terça a domingo, das 19h à 1h
Club - De quinta a sábado, a partir das 23h

 

Vanessa Vargas

Quem escreve por aqui é Vanessa Vargas, formada em Relações Públicas pela UFRGS, Técnica em Produção de Moda pelo SENAC e estudante de Jornalismo na PUC-RS. Divide seu tempo sendo mãe do Antônio e atuando como Analista de Marketing.